Clínica Psicanalítica


A subjetividade de uma pessoa se forma à medida que ela vivencia as diferentes experiências emocionais no decorrer da sua vida.

 

O resultado disto é que cada pessoa é absolutamente única na sua forma de amar e de desejar, única na sua forma de se relacionar com as outras pessoas, única na sua forma de pensar e de funcionar psiquicamente, e também única na sua forma de sofrer...

 

Exatamente por isto, não existem “receitas de bolo” a serem seguidas para se resolver questões de âmbito emocional e psíquico que geram sofrimento.

 

Trabalhando através do atendimento psicanalítico individual, é possível realizar um mergulho investigativo na subjetividade de cada pessoa, de acordo com suas demandas particulares, para identificar seus conflitos internos inconscientes. E este é, sem dúvida, um trabalho de parceria entre a dupla psicanalista e analisando.

 

O consultório é utilizado como espaço para se colocar em análise e tratamento questões relacionadas à angústia, anorexia, ansiedade, bulimia, desejo, depressão, fobias, histeria, infelicidade, libido, luto, medos, melancolia, neurose, perdas, prazer, psicose, relacionamentos, sexualidade, sofrimentos, transtornos emocionais, transtornos psíquicos, etc.

 

Quais são as suas questões?

 


Projeto Instigar:


 

Psicanálise


"PSICANÁLISE = D.: Psychoanalyse - F.: psychanalyse - En.:psycho-analysis - Es.: psicoanálisis - I.: psicoanalise ou psicanalisi.

Disciplina fundada por Sigmund Freud e na qual podemos, com ele, distinguir três níveis:

 

 

  1. Um método de investigação que consiste essencialmente em evidenciar o significado inconsciente das palavras, das ações, das produções imaginárias (sonhos, fantasias, delírios) de um sujeito. Este método baseia-se principalmente nas associações livres do sujeito, que são a garantia da validade da interpretação. A interpretação psicanalítica pode estender-se a produções humanas para as quais não se dispõe de associações livres.
  2. Um método psicoterápico baseado nesta investigação e especificado pela interpretação controlada da resistência, da transferência e do desejo. O emprego da psicanálise como sinônimo de tratamento psicanalítico está ligado a este sentido; exemplo: começar uma psicanálise (ou análise).
  3. Um conjunto de teorias psicológicas e psicopatológicas em que são sistematizados os dados introduzidos pelo método psicanalítico de investigação e de tratamento."

Fonte: Laplanche, Jean - Vocabulário de Psicanálise - Editora Martins Fontes


Para saber mais sobre psicanálise...


Bibliografia introdutória:


  • Mourano, Denise. Para que serve a psicanálise? , coleção Passo-a-Passo do Jorge Zahar Editor, São Paulo, 2003.
  • Herrmann, Fábio. O que é psicanálise, Brasiliense, São Paulo, 1999.